Pesquisar este blog

Bem-vindo ao Blog Ultralentes!

O Blog corporativo Ultralentes dispõe as últimas notícias e novidades da empresa, além de informações e atualizações sobre nossos produtos de alta tecnologia. Visite também o

FÓRUM ULTRALENTES!

O Fórum Ultralentes é um espaço dedicado á discussão de casos de adaptação de lentes de contato RGPs, o fórum mais organizado e especializado sobre o assunto na internet.

quarta-feira, 25 de junho de 2008

Lente Ultracone PCR e PCR2 - Inovação e Pioneirismo

As lentes Ultracone PCR e PCR2 são inovações tecnológicas e pioneiras no mundo para a adaptação de casos de ceratocone submetidos ao implante de segmentos de anéis intracorneanos em que ocorre dificuldade de adaptação de lentes especiais para o ceratocone. As lentes UC PCR e PCR2 foram desenvolvidas por Luciano Bastos no IOSB - Instituto de Olhos Dr. Saul Bastos, e com recursos tecnológicos do laboratório Ultralentes, fabricante da lente Ultracone, Ultraflat , das RGPs Ultralentes Asféricas e da multifocal Lifestyle GP Ultra. Estas lentes também provaram ser de grande utilidade na adaptação de casos de ceratoglobo, degeneração marginal pelúcida (DMP) e ceratocones mais deslocados do eixo visual da córnea.

Atualmente as lentes Ultracone e suas variações Ultracone PCR/2 podem já ser adaptadas em algumas clínicas no Brasil, como elas apenas recentemente foram aprovadas para fabricação e distribuição entre os oftalmologistas credenciados na Ultralentes, apenas algumas clínicas e médicos estão com elas disponíveis para testes. O RS através do IOSB, SC através do Hospital de Olhos Sadalla Amin Ghanem (Dra. Cleusa Coral Ghanem), em São Paulo o Dr. César Lipener, a Dra. Neuza Vidal Sant'anna. Em breve estaremos divulgando e confirmando mais clínicas credenciadas que estão adaptando as lentes Ultracone PCR e PCR2.

A necessidade de encontrar uma solução para estes casos surgiu quando alguns pacientes que foram submetidos ao implante de anéis começaram a aparecer no Instituto de Olhos Dr. saul Bastos, alguns indicados por colegas, outros procurando o instituto por ser referência nacional e internacional na adaptação de lentes especiais em casos complexos. Desde então, iniciou-se um estudo longitudinal controlado e com intervenção, de maneira a reproduzir a melhor resposta fisiológica da adaptação em uma córnea que possui características topográficas totalmente diferentes daquela do ceratocone ou de uma córnea regular. O estudo teve cerca de 2 anos de duração e possibilitou uma amostragem significativa de casos que culminou no desenvolvimento das lentes Ultracone PCR e PCR 2, variantes da lente Ultracone (tipo Soper modificada) original.

Em breve estaremos divulgando novos estados e clínicas credenciadas a adaptar as lentes Ultracone PCR.