Pesquisar este blog

Bem-vindo ao Blog Ultralentes!

O Blog corporativo Ultralentes dispõe as últimas notícias e novidades da empresa, além de informações e atualizações sobre nossos produtos de alta tecnologia. Visite também o

FÓRUM ULTRALENTES!

O Fórum Ultralentes é um espaço dedicado á discussão de casos de adaptação de lentes de contato RGPs, o fórum mais organizado e especializado sobre o assunto na internet.

sábado, 6 de agosto de 2011

Lentes Esclerais e Semiesclerais Asféricas - Pioneirismo e Tecnologia

Uma série de vídeos relativamente recentes de pacientes adaptados com as lentes Semi-Scleral Bastos (SSB) no Instituto de Olhos Dr. Saul Bastos (IOSB) em Porto Alegre. A Ultralentes fabrica as lentes Ultracone, Ultracone Advance, Ultracone Extreme, Ultracone PCR para ceratocone que representam uma das mais sofisticadas tecnologias em adaptação de lentes de contato RGPs em ceratocone no mundo. A lente Ultraflat também foi deenvolvida para córneas irregulares como no pós-transplante de córnea, pós-cirurgia refrativa e pós-trauma. Agora a Ultralentes também oferece também estas duas tecnologias de lentes nas versões esclerais asféricas e semiesclerais asféricas RGPs de DK superaltos.


Ultracone SSB e Ultraflat SSB pós-RK


Ultracone SSB em caso de Ceratoocne Avançado


Lente Semi-Scleral Bastos: Ceratocone e Olho Seco


As lentes de contato esclerais e semiesclerais asféricas foram desenvolvidas de forma pioneira pela Ultralentes para aqueles casos onde todas as demais lentes falham em oferecer uma solução adequada para a necessidade do paciente quanto aos três princípios básicos de boa acuidade visual, conforto e a manutenção da saúde fisiológica corneana.

Em relação a indicação e viabilidade da adaptação destas lentes esclerais e semiesclerais é possível afirmar que tecnicamente qualquer indívíduo que use ou queira utilizar lentes de contato pode ser adaptado com estas lentes. Mas em relação a uma indicação mais específica pode-se citar por exemplo:
  • Correção Visual: Ceratocone em qualquer estágio onde o paciente tem intolerância absoluta a adaptação de lentes de contato corneanas; Ceratoglobo; Degeneração Marginal Pelúcida; pós-implante de anel intracorneano; pós-transplante de córnea; pós-crosslinking; pós-trauma;  pós-cirurgias refrativas entre outros.
  • Indicação Terapêutica: Síndrome de Olho Seco; Síndrome de Sjögren; Síndrome de Stevens-Johnson; penfigóide cicatricial ocular; queimaduras químicas ou por radiação,. Entre outras utilizações terapêuticas está uma que estamos pesquisando a viabilidade, necessidade e possíveis benefícios: Pós-Implante de Ceratoprótese. 

A pesquisa científica sobre a tecnologia em lentes esclerais teve início em 2003 quando o Dr. Saul Bastos pediu a seu filho Luciano para que aprendesse a fabricar estas lentes e que desenvolvesse novas soluções para casos de alta complexidade. Somente em 2005, quase um ano após o falecimento do Dr. Saul Bastos os primeiros testes clínicos começaram a ser feitos junto ao IOSB e depois de aproximadamente três anos e meio, em meados de 2009 as lentes Semi-Scleral Bastos foram oficialmente lançadas e disponibilizadas para os exclusivos oftalmologistas certificados a adaptar as lentes especiais fabricadas pela Ultralentes.

Naturalmente como esse renascimento da adaptação de lentes esclerais e o surgimento das modernas lentes semiesclerais ainda não há condições de todos os especialistas obterem o treinamento e aprendizado adequado a adaptar estas lentes, portanto aos poucos os credenciados irão se qualificar para trabalhar com estas lentes. Como foi mencionado no artigo passado, as lentes esclerais não são novas, o que é novo são os tipos de materiais disponíveis atualmente, com altos DKs (super-oxigenação) que permitem a melhor adaptação destas lentes de diâmetros grandes. No passado estas lentes foram aos poucos sendo abandonadas com o surgimento das lentes de contato corneanas e gelatinosas que aos poucos tomou o lugar e tem sido o principal meio de correção utilizado depois dos óculos, especialmente quando os óculos de grau não são suficientes para uma qualidade de visão satisfatória.

Ainda este ano, além do IOSB que é o principal centro de desenvolvimento de pesquisa clínica e científica destas lentes especiais, projetamos que ainda este ano haverá ao menos três novos credenciados e certificados adaptando as lentes SSB, um em SP (capital), em Sorocaba (SP) e no Rio de Janeiro (capital). Estes especialistas serão treinados nas diferentes opções de desenho e nas indicações clínicas de adaptação apra correção visual e/ou tratamento terapêutico de doenças da superfície ocular.

Muito obrigado a todos os amigos oftalmologistas, especialmente aqueles que trabalham diretamente com a Ultralentes pela confiança em nosso trabalho e na seriedade que com que levam a adaptação de lentes de contato especiais. Os seus pacientes com certeza estão em ótimas mãos.

Espero vê-los em breve no CBO 2011 aqui em Porto Alegre.

Luciano Bastos
Diretor & Consultor em LC Especiais Ultralentes









Um comentário:

Arq. Alanna Miranda disse...

Como faço para adquirir um par dessas lentes?